As escolhas de Lorena . . .

 Bom dia, hoje venho compartilhar com vocês esse belo texto  Rafal Magallhães,um escritor Goiano,da minha terrinha que admiro muito, vale à pena essa leitura, um ânimo a mais para essa segunda feira, espero que gostem!!!



    Lorena sempre foi uma mulher nada convencional, não que ela fosse do contra, Lorena simplesmente só gostava do que gostava, e não do que os outros diziam que era legal.

    Na escola foi a primeira a usar um All Star. Isso até que as outras garotas começassem a usar, aí ela mudou. Lorena mudava sempre. De casa, de estilo, de ideia, de cabelo e de opinião. Ela sempre teve muita sede de viver. Fez sua primeira tatuagem aos 14 anos e, no ano seguinte, trocou sua festa de 15 por uma viagem. 

   A mãe queria que ela fosse para a França, os amigos sugeriram os EUA, mas Lorena preferiu o Egito. Aprendeu a dirigir antes mesmo de ter habilitação, formou-se em mandarim e fez um intercâmbio na Jamaica. Namorou sério, formou-se, raspou os cabelos, terminou, paquerou, fez farra, morou junto, morou sozinha, viveu de favor, conheceu o mundo, teve um filho, adotou outro, comprou seu apê. Teve uma banda, um gato, um trailer, uma moto, uma radio, um bar, oito cachorros, uma fazenda, uma vida. Lorena fez de tudo, tudo mesmo, menos o que todos esperavam que ela fizesse. 

   Quebrou as regras, seguiu a sua verdade e foi feliz. Hoje Lorena é uma senhora de olhar risonho que às vezes encontro sentada lendo um livro na esquina da rua de casa. De vez em quando gosto de sentar para ouvir suas histórias. 

   Quando lembro das escolhas de Lorena, paro para pensar sobre as minhas e as de cada um de nós. Se aquilo é viver, aquela intensidade, aquela autenticidade, aquela sede, aquele brilho nos olhos, então o que eu ando fazendo afinal? E o que dizer de você que está lendo este texto? Quanto da Lorena existe aí dentro? Quem você é quando não está tentando ser outro alguém? Quantos dos seus planos deixarão de ser sonhos algum dia? Como você seria se o mundo não tivesse te ensinado a ser como é?

    O que vai ter para contar quando um jovem te parar em uma esquina daqui alguns anos? A vida nada mais é do que uma sucessão contínua de escolhas e a dor de viver talvez seja tomar essas decisões, abdicar do resto e ter de conviver com as consequências. Não deixe que ninguém decida sua vida, ela é sua e passa muito rápido. Passou para Dona Lorena,mas ela soube muito bem o que fazer com ela. 


✏️ Texto de Rafael Magalhães

✏️ @RafaMagallhaes


Conheça a história do Biel clicando Aqui !!!

Share this:

JOIN CONVERSATION

6 Quem gostou comenta!!!:

  1. Nossa, adorei o texto!
    Me identifiquei pra caramba com a Lorena! kkk
    Temos que quebrar paradigmas pra conseguir sermos felizes do nosso jeito. Cada pessoa é um ser único, então, não temos que "copiar" o roteiro de vida do outro.

    Beijokaasss...

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila, parabéns pela sua história de vida! Gostei da Lorena! E da parte que ela quis ir ao Egito nos 15 anos! rs Inovação total!!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Muito bom... eu tento ser assim. Não realizei muitas coisas, mas sou grata por tudo que vivi, porque fiz o que achei certo pra mim. Nada como a satisfação de não ter o "e se" como guia da minha vida... Espero ainda realizar muitas coisas e aproveitar bem a vida... porque realmente, passa muito rápido!

    ResponderExcluir
  4. que texto lindo!
    copiando aqui pra mim!!!!!
    perfeito!
    beijos

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar ... e muito importante pra mim ...